fbpx

Jocelino Júnior

Sambista e comentarista de carnaval, Mestre Sala. Pedagogo, Mestrando em Educação Profissional/UFES, pesquisador da história e cultura afro brasileira (NEAB/UFES), com ênfase no carnaval capixaba, processos culturais, memória e identidade, currículo, diversidade, práticas inclusivas escolar e proteção social de crianças e adolescentes. Membro do Instituto Raízes.

Espírito Samba 02

 

Por  Jocelino Júnior

“O JUCUTUQUARA”, está em silêncio, morreu um grande sambista!

Na última sexta-feira (01/11), morreu Guilherme Monteiro Alves, fundador e ex-presidente da escola de samba Unidos de Jucutuquara. De personalidade decisiva e muito crítico às mudanças das tradições do carnaval, marcou a sua gestão com a reedição do samba de 1991 no desfile de 2017, com um enredo de exaltação ao negro escravizado Ambrósio, no carnaval de 2018 e a escolha de sua neta Luisa como rainha da agremiação. “O Jucutuquara” como referia-se à sua escola do coração e de vida, surgiu no quintal da casa de Dona Maria da Glória, sua mãe. A partida de Seu Guilherme foi inesperada, repentina e entristeceu o mundo do samba capixaba. O velório na quadra da escola ficou cheio, muitos amigos e familiares compareceram num ato fraterno e de solidariedade. Agora, ficam as histórias, memórias e os frutos que Seu Guilherme deixa pra todo legado da Jucutuquara e samba capixaba. Poucos sabem, mas o presidente Guilherme abriu as portas para muitos personagens do nosso carnaval.

Silêncio

Mais um cavaquinho vadio

Ficou sem acordes, vazio

Deixado num canto de um bar

Maz dizem poeta que morre é semente

De samba que vem derepente

E nasce se a gente cantar

(Totonho; Paulo Rezende – Morte de um poeta)

Foto: Reprodução/Internet

MEU LUGAR CAPIXABA: Morro do Quadro, Santa Tereza, Bela Vista e adjacências.

O nosso carnaval é espaço de visibilidade para os mais diversos artistas das nossas comunidades. A escola de samba Chega Mais tem sido porta de entrada de revelação de vários desses artistas. A presidente, Zezé Gergenheimer, faz questão de valorizar cada membro de sua comunidade, e pensa a escola de samba como meio de propiciar acesso a direitos sociais. A estrela lançada pela escola nos últimos dois anos tem sido Leozinho Reis, o intérprete. Para alegrar sua comunidade, num movimento identitário de suas raízes, promoveu a gravação do DVD “DE ONDE EU VENHO”. A escolha do local não poderia ser melhor, no seio do Morro do Quadro.

Dentro da essência singular de uma comunidade de base, a praça escondida no miolo do Morro do Quadro, espaço pequeno, se transformou grande pela essência da proposta que se tinha, na apresentação de Leozinho e banda. A festa ficou lotada, com duração de mais de 6h, muito organizada, demarcou o sucesso que Leozinho já registra em nosso carnaval, por meio de sua arte de encantar, cantar e compor. Com a primeira roda de samba no nível artístico que superou qualquer expectativa.

Não perdendo tempo, já tem a segunda edição agendada, para o dia 22/12. Desta vez, no Mercado da Vila Rubim.

Foto: Divulgação

FEIJOADAS

As escolas de samba já abriram mesmo suas quadras. As feijoadas que são marcas confirmadas na abertura do carnaval a cada ano. A MUG, a Boa Vista, a Piedade, a Jucutuquara, a Novo Império já realizaram as suas, todas com muita organização e feijoada de sobra. Ainda temos agendada a da Pega no Samba, no dia 24/11.

Foto: Divulgação

Carnaval 2020

As escolas de samba entram na avenida nos dias 13, 14 e 15 de fevereiro de 2020. Desta vez, apresentamos a ordem de desfile do Grupo B:

Quinta-feira (13/02): Tradição Serrana, União Jovem de Itacibá, Mocidade Serrana Independente de Eucalipto e Império de Fátima.

Ensaios carnaval 2020

Os ensaios começam a ganhar movimento nas quadras e nas comunidades do samba. A MUG abre a sua quadra todo domingo às 20h. Já a Unidos da Piedade, Chega Mais, Pega no Samba, Unidos de Jucutuquara, Novo Império, Império de Fátima, no momento ensaiam suas respectivas baterias, e, em breve, divulgarão as respectivas programações para o carnaval.

Excursamba 20 anos

Edmilson e Aninha, casal do samba capixaba, organizam excursão todo ano para o Rio de Janeiro, na visita levam os sambistas a conhecerem quadras das escolas cariocas, rodas de sambas e feijoadas. Neste ano comemoram 20 anos do grupo com uma festa em um cerimonial. A viagem está programada para janeiro e, segundo informações dos organizadores, já não há mais vagas.

04/11/2019

Ultimas Colunas

Espírito Samba 02

Por  Jocelino Júnior “O JUCUTUQUARA”, está em silêncio, morreu um grande sambista! Na última sexta-feira (01/11), morreu Guilherme Monteiro Alves, fundador e ex-presidente da escola de...

Espírito Samba

Por  Jocelino Júnior Sou pai, filho, neto de um sambista, Neste palco eu sou artista, Dessas origens, sou rei sim sinhô! (Trecho do Samba Unidos da Piedade, 1991, autores...
%d blogueiros gostam disto: