Epicentro de variante britânica, Barra de São Francisco decreta lockdown de cinco dias

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a nova cepa do vírus foi detectada em 108 pessoas do município

0
Imagem aérea da cidade de Barra de São Francisco - Foto: Hugo Binda

A Prefeitura de Barra de São Francisco, no Norte do Estado, decretou lockdown pelos próximos cinco dias, a partir desta quarta-feira (24). A cidade é um dos epicentros de contaminação da variante britânica B.1.1.7, vírus da Covid-19, no Espírito Santo. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a nova cepa do vírus foi detectada em 108 pessoas do município.

O vice-prefeito e secretário de Saúde, Gustavo Lacerda, informa que, ao menos, 20 pessoas permanecem infectadas na cidade. Segundo ele, o lockdown foi adotado como medida para que quem estiver contaminado pela Covid-19, na variante britânica, seja localizado e mantido em isolamento social.

Confira o vídeo:

A variante, segundo a Sesa, é de 40% a 90% mais infecciosa e o risco de óbito é cerca de 61% maior do que de outras variantes.

Variante do Reino Unido (B.1.1.7)

  • Surgiu na Grã-Bretanha em setembro de 2020
  • 40 a 90% mais infecciosa do que outras variantes em circulação hoje
  • Risco de óbito é cerca de 61% maior do que outras variantes
  • Casos da variante dobram a cada dez dias nos Estados Unidos
  • Aumento de 59% a 74% em sua taxa de transmissão (Dinamarca, Suiça, Estados Unidos)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui