Pazolini assina decreto e extingue Linha Verde na orla de Camburi, em Vitória

A remoção do equipamento começa ainda nesta quarta, segundo o secretário de Transportes de Vitória, Alex Mariano

0
Linha Verde na Avenida Dante Michelini - Praia de Camburi. Foto: Leonardo Silveira/PMV

A Linha Verde na Avenida Dante Michelini, na orla de Camburi, em Vitória, foi extinta na tarde desta quarta-feira (27), com a assinatura de um decreto por parte do prefeito da capital, Lorenzo Pazolini, durante evento realizado em seu gabinete. Com isso, deixa de existir a faixa exclusiva para ônibus, vans, táxis e veículos particulares com três ou mais pessoas na via.

A remoção do equipamento começa ainda nesta quarta, segundo o secretário de Transportes de Vitória, Alex Mariano. “Nós vamos dividir em duas etapas: a primeira irá tirar a sinalização vertical. Após às 22h, quando o trânsito está mais tranquilo, vamos fazer a parte da sinalização horizontal”, afirmou.

De acordo com Pazolini, está em fase de estudos a implementação da Linha Verde em outros pontos da cidade para gerar fluidez no trânsito. “Essa não foi a realidade que encontramos. Essa extinção visa a ampliação para ter um debate e restabelecer a Linha Verde em outro lugar que melhore o trânsito”, disse.

Imposição e congestionamento

O fim da Linha Verde na Avenida Dante Michelini foi uma das promessas de campanha de Pazolini durante as eleições municipais de 2020, alegando sua ineficácia e que seria responsável por congestionamentos nos horários de pico.

Outro argumento usado para defender o fim da Linha Verde foi a forma como se deu sua implementação, ainda em março de 2018. Moradores dos bairros no entorno da faixa exclusiva criticaram o que chamaram de imposição por parte da antiga gestão municipal, a a cargo do então prefeito Luciano Rezende, o que resultou em uma série de ações na Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui