Primeiro lote com 1,5 milhão de agulhas e seringas para vacinação contra Covid-19 chega ao ES

Este é o primeiro lote com os insumos adquiridos pelo Estado, totalizando seis milhões de unidades, que devem ser entregues em até 60 dias

0
Governador Renato Casagrande fez anunciou a chegada ao lado dos secretários de Saúde e Segurança (Foto: Giovani Pagotto/Governo ES)

O Espírito Santo recebeu, na manhã deste sábado (16), 1,5 milhão de agulhas e seringas, compradas para iniciar a vacinação contra a Covid-19. Este é o primeiro lote com os insumos adquiridos pelo Estado, totalizando seis milhões de unidades.

O anúncio da chegada do carregamento foi feito pelo governador do Estado, Renato Casagrande, em live transmitida no Facebook. Na ocasião, ele lembrou dos próximos lotes a caminho.

“O primeiro lote chegou. No mês que vem, chega o segundo, até completar toda a compra. Nossa angústia, neste momento, é com relação à vacina”, afirmou o governador, que ressaltou a grande expectativa em relação à vacina contra o novo coronavírus.

“O Espírito Santo está totalmente preparado para começar a vacinação. Nossa angústia neste momento é com relação à vacina. Estamos ansiosos para que ela possa chegar. Estamos preparados para começar este trabalho”.

Casgrande lembrou dos grupos prioritários ao afirmar como será o início do processo de imunização da população no Espírito Santo, seguindo o plano nacional do governo federal.

“Quando a vacina for liberada e chegar ao Estado, começaremos a vacinação pelos profissionais de saúde, pessoas de mais idade que estiverem em instituições de permanência e população indígena”, explicou.

Também participaram da live deste sábado de manhã os secretários Nésio Fernandes (Saúde) e Alexandre Ramalho (Segurança Pública), além do subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin.

Durante a transmissão, Ramalho disse que a Polícia Militar fará a escolta das vacinas até os municípios. “No dia da vacinação, quando ela ocorrer, também vamos dar a segurança para que tudo ocorra bem”, disse o secretário.

Nesta semana, no dia 14, Nésio disse à imprensa que o restante dos insumos contratados seriam entregues em até 60 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui