Detran-ES lança plataforma digital para registro de novos veículos

O "Registra Fácil" não exige que o comprador de um veículo novo apresente documentos de identificação, comprovante de endereço ou requerimento

0
O comprador deve inserir no sistema o número da nota fiscal emitida no ato da compra

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) lançou, nesta segunda-feira (30), o serviço Registra Fácil, que automatiza todos os processos de registro de veículos novos no Estado. Esta e a primeira plataforma totalmente digital para realizar esse tipo de serviço no Brasil.

A partir de agora, basta utilizar a nota fiscal do veículo emitida pelo revendedor no ato da compra para realizar o primeiro emplacamento, sem a necessidade de interferência humana no processo. Segundo o governo do Estado, todo o sistema foi desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (Prodest) a partir da demanda do Detran-ES.

O tempo estimado para conclusão de todo o processo, desde a abertura do procedimento, passando por auditoria dos documentos até a liberação do código para emplacamento levava em torno de 48 horas. Com o Registra Fácil, a promessa é de que o comprador realize todos os trâmites virtualmente em poucos segundos, garantindo ao condutor retirar seu veículo da concessionária no mesmo dia da compra já emplacado.

O governo do Estado informou que registro de novos veículos representa cerca de 16% dos serviços de transferências realizados pelo Detran-ES, o que representa uma média de 6.200 processos mensais.

O anúncio foi feito pelo governador do Estado, Renato Casagrande, e pelo diretor-geral do Detran-ES, Givaldo Vieira, na manhã desta segunda.

Governador do Estado, Renato Casagrande, e o diretor geral do Detran-ES, Givaldo Vieira, durante apresentação do “Registra Fácil”, no Palácio Anchieta (Foto: Divulgação/Governo ES)

Givaldo destacou como principais benefícios do novo serviço a segurança e a agilidade. “Com o retorno da atividade econômica, retorno dos prazos de transferência pelo Denatran [Departamento Nacional de Trânsito] e aumento significativo das demandas do Detran, essa iniciativa vai reduzir o tempo de conclusão dos processos. É um grande avanço tecnológico para o Estado”, disse o diretor-geral da autarquia.

Casagrande falou dos esforços do governo estadual para digitalizar processos e prometeu acabar com a tramitação em papel em seus procedimentos. “Todos os serviços do Detran estão à disposição do cidadão de forma eletrônica. Importante destacar que o Governo do Espírito Santo está em sintonia com a inovação. Este ano o Governo irá acabar com a tramitação do papel. Esse bom ambiente de inovação criado no Estado gera oportunidades, diminui os custos, preserva o meio ambiente e agiliza os serviços”, pontuou.

Agilidade

O “Registra Fácil” não exige que o comprador de um veículo novo apresente documentos de identificação, comprovante de endereço ou requerimento.

O novo proprietário precisa apresentar somente a nota fiscal emitida pela concessionária ou revenda no ato da compra, que o sistema se encarrega de preencher automaticamente dados como chassi, marca, modelo, cor e motor fornecidos pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) e pela Base de Índice Nacional (BIN), banco de dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Após a realização do cadastro, é emitido um Documento Único de Arrecadação (DUA) da taxa do serviço. Um SMS é enviado para o celular informado pelo interessado com número do processo e a placa do veículo para estampagem por uma empresa credenciada ao Detran-ES para realização do serviço. A instalação pode ser feita na própria concessionária e todo o processo pode ser acompanhado no site da autarquia, na área “Consulta de Veículos”.

Caso opte pelo procedimento tradicional, o novo proprietário poderá realizar o registro do veículo por meio do despachante ou agendar o atendimento em uma unidade do Detran-ES pelo site www.agendamento.es.gov.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui