Eleições 2020: Vitória foi a primeira capital do país a transmitir todos os votos ao TSE

Abstenção supera votos de candidatos derrotados em três cidades, 12 pessoas foram detidas, oito ocorrências registras e 21 urnas apresentaram defeito neste segundo turno

0
Foto: Divulgação/TRE-ES

Vitória foi primeira capital do Brasil a concluir a apuração de votos e a transmissão de dados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES), a capital capixaba enviou seus dados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) às 18h03, uma hora após o fechamento das urnas neste segundo turno das Eleições 2020.

A informação foi dada pelo presidente do TRE-ES, desembargador Samuel Meira Brasil Júnior, durante entrevista coletiva realizada no início da noite deste domingo (29). “Bastante êxito na conclusão dos trabalhos”, comemorou.

O desembargador disse também que Serra e Cariacica tiveram seus dados eleitorais transferidos em sua totalidade logo após a capital. A última cidade capixaba a concluir o envio de informações aos TSE foi Vila Velha, que encerrou os trabalhos às 18h22.

Meira parabenizou eleitores, candidatos e fez um balanço do segundo turno das eleições nos quatro municípios. “Quero parabenizar o povo capixaba, os eleitores que compareceram às urnas, se dedicaram e escolheram seus representantes. Precisamos conhecer e trabalhar com nossas preferências. Aquele que ganhar, vai governar o município para quem votou nele e quem não voltou, ele representa a pluralidade e a maioria dos eleitores. Eu gostaria de parabenizar todos que foram eleitos e desejar muito sucesso na condução de seus respectivos municípios”.

Ainda segundo ele, mais de um milhão e quinhentos mil eleitores foram às urnas escolher seus prefeitos em Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica. Foram 29,4% de abstenções, uma pequena alta em relação ao primeiro turno, quando foram registrados 25%. Já sobre os votos nulos caíram de 5,6% para 5,18% neste segundo turno.

Três candidatos tiveram menos votos do que o número de eleitores faltosos em suas cidades. Em Vila Velha, o atual prefeito, Max Filho (PSDB), teve 62.236 votos contra 90.645 abstenções registradas no município. Na Serra, 104.526 eleitores não compareceram às urnas, maior quantidade dentre os municípios em segundo turno no Estado, enquanto o vereador Fábio Duarte (Rede) conquistou 91.931. Já Em Cariacica, a ex-secretária municipal de Educação Célia Tavares (PT) recebeu 67.111 votos, contra 78.541 abstenções.

“Bastante êxito na conclusão dos trabalhos”, comemorou o presidente do TRE-ES (Foto: Reprodução)

Samuel Meira afirmou que a eleição realizada no meio de uma pandemia dificulta comparações com pleitos anteriores.

“Neste ano estamos em uma situação excepcional. É difícil escolher parâmetro para saber se o número de abstenção poderia ser comparado, porque nunca tivemos uma situação como essa da pandemia. Qualquer numero de abstenção, por menor que ele seja, não é desejável. O desejo da Justiça Eleitoral é que cada cidadão possa comparecer e escolher livre e espontaneamente o seu candidato. Por isso procuro sempre estimular a participação de todos na votação”, comentou.

Ao todo, foram utilizadas 2.091 urnas eletrônicas, das quais 21 precisaram ser substituídas por apresentarem problemas durante a votação. Duas urnas de Vila Velha apresentaram problemas na extração e transmissão de dados, “mas não houve prejuízo nos dados”, segundo Samuel Meira.

Crimes eleitorais

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp), Alexandre Ramalho, também participou da entrevista coletiva do TRE-ES. No balanço, informou que 12 pessoas foram detidas e oito ocorrências de crimes eleitorais foram registrados neste segundo turno das Eleições 2020.

Na Serra, duas pessoas foram detidas por boca de urna e cinco por vias de fato. Em Cariacica, quatro também foram detidas por estarem fazendo boca de urna e em Vila Velha, uma.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui