Alerta: ES tem ocupação de 84% nos leitos de UTI para a Covid-19

Os números são diariamente atualizados no site criado pelo Governo do Estado para o acompanhamento da pandemia

0
Leito exclusivo para pacientes com novo coronavírus no Hospital Jayme Santos Neves - Foto: Adriano Zucolotto/Governo-ES

O Espírito Santo volta novamente a ter uma alta ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para a Covid-19. O número volta a ficar no “vermelho”, com 84,05% dos leitos ocupados. Os números são diariamente atualizados no site criado pelo Governo do Estado para o acompanhamento da pandemia.

Para os leitos de enfermaria, a ocupação atual é de 68,42%, e o total com a soma dos dois tipos de leitos está em 76,39%. No cenário atual, considerando que o número muda todos os dias, são 395 leitos de UTI e 380 de enfermaria disponíveis para pacientes com a Covid-19, somando ao todo 775.

O Espírito tem ao todo, desde o início da pandemia, 3.938 mortes ocasionadas pela doença, que tem atualmente uma letalidade de 2,4% e mais de 163 mil casos confirmados em todo o Estado. Além disso, mais de 541 mil testes já foram realizados e e mais de 150 mil pessoas já se curaram da Covid-19.

Durante coletiva de imprensa na semana passada, o secretário de Saúde explicou que já nesta semana alguns municípios voltariam para o risco moderado no Mapa de Risco da doença.

Ele explicou que esses municípios entrando no risco moderado, voltarão a ter estrições de algumas atividades sociais e econômicas, em especial nos períodos noturnos e nos finais de semana. De acordo com o secretário, apesar do aumento no número de casos, o Estado ainda vive um momento de estabilidade da doença.

“Essas medias nos temos a convicção de que reduzem a interação social, e elas diminuem também a pressão sobre a rede de serviços de saúde que permitem que, preservando as suas funcionalidades, tanto as atividades econômicas e sociais possam coexistir com a atual fase de evolução da pandemia no Espírito Santo”, disse Nésio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui