Série D: Vitória lanterna e Real vice-líder do Grupo 5 ao fim do primeiro turno

Real Noroeste tem 13 pontos e vai mantendo a boa fase; já o Vitória voltou à lanterna e acumula apenas seis pontos

0
Foto: Victor Nicchio (Vitória F.C.)/Reprodução Futebol Capixaba TV

Vitória e Real Noroeste em situações bem diferentes. Na tarde desta segunda-feira (19), o Alvianil de Bento Ferreira perdeu para o Goiânia, por 1 a 0, no Estádio Olímpico de Goiânia, em Goiás. Com a derrota, o time capixaba voltou à lanterna do Grupo 5 da competição, estacionado nos seis pontos.

Já os Merengues Capixabas venceram mais uma. A vítima da vez foi o Goianésia, também de Goiás, que foi goleado por 4 a 1, neste domingo (18), no estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca. O triunfo deu ao time do noroeste do Espírito Santo, invicto em seus domínios, a vice-liderança do Grupo 5, com 13 pontos, atrás apenas da Aparecidense.

Ao final do primeiro turno da primeira fase da competição, todos ainda têm chances de classificação. Goianésia (13 pontos) e Goiânia (nove pontos) são, respectivamente, terceiro e quarto colocados no grupo.

Angústia Alvianil

Em partida parelha, Goiânia e Vitória tiveram boas chances na primeira etapa, mas não conseguiram passar pelos goleiros em tarde inspirada. Werton, pelos goianos, e Paulo Henrique, do lado capixaba, fizeram boas defesas e foram os responsáveis por manter o placar inalterado nos primeiros 45 minutos. Os dois times deixaram o campo cobrando marcações de pênalti que a arbitragem deixou seguir.

O equilíbrio entre as equipes foi mantido na volta dos vestiários. O Galo Carijó fazia pressão na saída de bola do Alvianil, que buscava chegar na frente em contra-ataques. O gol da vitória goiana veio após cobrança de falta do lateral Danilo Ribeiro, que, de longe, cruzou bola na área e o goleiro Paulo Henrique, atrapalhado pela movimentação dos jogadores, viu a bola morrer no fundo das redes, aos 39 minutos.

No Rochão não tem perdão

O Real Noroeste não deu chances ao azar e conseguiu neutralizar as jogadas ofensivas do Goianésia. Com boas chegadas ao ataque, os donos da casa abriram o placar logo aos cinco minutos de jogo. Peixoto tentou finalizar, mas não conseguinte. No bate, rebate a bola sobrou para Matheus Firmino chutar e balançar a rede. Aos 24, o atacante cobrou falta do meio de campo e, no rebote, Peixoto não desperdiçou: 2 a 0.

No segundo tempo, o Goianésia diminuiu logo no primeiro minuto, em pressão que resultou em bola roubada por Franklin, que entrou da esquerda para o meio e chutou para fazer 2 a 1.

O Real Noroeste conseguiu manter o ritmo da etapa inicial. Aos 18 minutos, Santiago cobrou escanteio, Matheus Castelo tentou cabecear, mas, sem sucesso, a bola quicou na frente de Alysson, que ajeitou e emendou uma bicicleta na pequena área para fazer um golaço: 3 a 1. Aos 30, Ailton aproveitou rebote em finalização de Jonata e impedida por Cleidson, chutou forte e deu números finais à partida: 4 a 1.

Próximos jogos

A oitava rodada da Série D do Campeonato Brasileiro 2020 continua no meio da semana. Vitória e Goiânia se enfrentam no Salvador Costa, na próxima quinta-feira (22), às 15h. Já o Real Noroeste vai até a capital goiana encarar o Goianésia, no Estádio Valdeir de Oliveira, às 18h.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui