ES é o maior produtor de ovos de codorna do Brasil

Santa Maria de Jetibá (ES) seguiu ocupando a primeira posição tanto na quantidade de animais (3,7 milhões) quanto na produção de ovos (77,1 milhões de dúzias)

0

Com uma produção de 81,7 milhões de dúzias em 2019, equivalente a 25,9% da produção nacional, o Espírito Santo passou a ser o maior produtor de ovos de codorna do País, ultrapassando São Paulo. A informação é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou, nesta quinta-feira (15) a Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM-2019),

No ranking municipal relativo a codornas, Santa Maria de Jetibá (ES) seguiu ocupando a primeira posição tanto na quantidade de animais (3,7 milhões) quanto na produção de ovos (77,1 milhões de dúzias).

Segundo a Pesquisa da Pecuária Municipal – PPM 2019, Santa Maria de Jetibá (ES) seguiu apresentando o maior valor de produção de produtos de origem animal dentre todos os municípios brasileiros: R$ 1,1 bilhão. Desse total, 92,5% foram provenientes da venda de ovos de galinha.

A produção estadual de ovos de galinha totalizou 397,0 milhões de dúzias em 2019, sendo 1,4% maior que a obtida em 2018. Santa Maria de Jetibá, com 361,3 milhões de dúzias, continuou sendo o principal município produtor de ovos de galinha do País.

O efetivo de suínos no Estado foi de 235,6 mil cabeças, apresentando queda de 2,5% na comparação com 2018. Cachoeiro de Itapemirim, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante foram os municípios com os maiores efetivos.

Em 2019, o efetivo de bovinos no Estado foi de 2,0 milhões de cabeças, com um aumento de 1,5% frente a 2018. Entre os municípios, Ecoporanga, Linhares e Montanha tiveram as maiores participações no Estado.

No Espírito Santo, a produção de leite totalizou 415,6 milhões de litros em 2019, com uma queda de 0,4% em relação a 2018. Foram 239,6 mil vacas ordenhadas no Estado.

Em 2019, foram produzidas 660,8 toneladas de mel no Espírito Santo, representando um aumento de 6,5% na comparação com 2018. Os municípios de Fundão, Marechal Floriano e Aracruz foram os maiores produtores do Estado.

A produção estadual de peixes atingiu 3,9 mil toneladas em 2019, resultado 3,6% menor que o obtido em 2018. A principal espécie produzida no Espírito Santo foi a tilápia, com 3,8 mil toneladas, representando 96,5% da piscicultura. Entre os municípios, Linhares liderou a produção estadual.

A produção de camarão no Estado foi de 12,5 toneladas em 2019, apresentando uma redução de 17,3% em relação ao ano anterior. Saiba detalhadamente abaixo!

Santa Maria de Jetibá segue liderando ranking nacional de valor de produção de produtos de origem animal

Em termos de valor da produção, os ovos de galinha e o leite de vaca foram novamente os produtos de origem animal de maior destaque, considerando-se o universo pesquisado pela PPM, com exceção da aquicultura.

O Espírito Santo alcançou R$ 1,7 bilhão em valor de produção dos principais produtos pecuários. Santa Maria de Jetibá (ES) continuou sendo o município com maior valor de produção dentre todos os municípios brasileiros, com R$ 1,1 bilhão. Desse total, 92,5% foram provenientes da venda de ovos de galinha.

Efetivo de galinhas no ES (18,6 milhões) é o quinto maior do País

O total de galináceos no último dia de 2019, data de referência da pesquisa, foi de 1,5 bilhão de cabeças no Brasil. Quanto ao número de galinhas, o total nacional foi estimado em 249,1 milhões de cabeças, com um aumento de 1,7% em relação ao ano anterior. Os Estados com as maiores participações nesse plantel foram: São Paulo (22,1%), Paraná (10,2%), Minas Gerais (8,3%), Rio Grande do Sul (7,7%) e Espírito Santo (7,5%).

O efetivo de galináceos no Estado foi de 36,6 milhões de cabeças, enquanto o de galinhas ficou em 18,6 milhões de cabeças, apresentando queda de 3,3% em relação a 2018. Santa Maria de Jetibá (ES) foi o município que apresentou os maiores efetivos tanto de galináceos (19,6 milhões) quanto de galinhas (16,4 milhões) do País.

Produção de ovos de galinha cresce 1,4% no Espírito Santo

A produção nacional de ovos de galinha foi de 4,6 bilhões de dúzias em 2019. O Estado de São Paulo foi o maior produtor nacional, responsável por 25,4% do total de ovos, seguido pelo Paraná (9,5%) e Minas Gerais (8,9%). O Espírito Santo ocupa a quarta posição, com 8,6% do total de ovos produzidos no País (397,0 milhões de dúzias). Entre 2018 e 2019, a produção de ovos de galinha cresceu 1,4% no Estado.

*Com informações do IBGE

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui