Homem preso por maus-tratos a cachorro em Jaguaré é levado para presídio

No Centro de Detenção de São Mateus, Manoel Batista deve passar por audiência de custódia. A pena prevista para o crime é de dois a cinco anos

0
Foto: Reprodução

Manoel Batista, de 32 anos, homem que cometeu crime de maus-tratos a um cachorro, em Jaguaré, Norte do Estado, foi levado para o Centro de Detenção Provisória de São Mateus. Ele deu entrada no sistema penitenciário por volta das 15h da terça-feira (13), de acordo com a Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Lá ele deve passar por audiência de custódia.

Uma câmera de segurança de uma casa registrou o momento da brutalidade, em que o homem amarrou o cão ao carro em que estava dirigindo e o arrastou por ruas da cidade até a morte do animal. Manoel foi preso em flagrante pela Polícia Civil e na delegacia, em depoimento ao delegado, confessou ter cometido o crime.

A lei que condena crimes de maus-tratos contra animais teve alteração neste ano e Manoel pode ter pena de dois a cinco anos de prisão. Anteriormente, o período de detenção previsto era de três meses a um ano. Não cabe fiança.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui