Bolsonaro desiste de Renda Brasil e diz que Bolsa Família vai permanecer

A declaração veio após as notícias sobre o governo federal cogitar congelar aposentadorias e cortar auxílios terem repercussão negativa

0
Foto: Agência Brasil

Em vídeo publicado na manhã desta terça-feira (15), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que o Programa Renda Brasil não vai existir até o fim do mandato, em 2022, e que será mantido o Bolsa Família. A declaração veio após notícias de que o governo federal cogitava congelar aposentadorias e cortar auxílio para idosos e pobres com deficiência para levar o programa adiante, o que gerou bastante polêmica.

O programa de assistência do governo que auxilia emergencialmente parte da sociedade brasileira rendeu a Bolsonaro a maior aprovação em pesquisas desde 2018. Pela dificuldade de gerar fonte de receita para o Renda Brasil, o presidente não quis levá-lo a frente. Seria uma continuidade aos auxílios iniciados durante a pandemia, porém com valores menores.

Bolsonaro afirmou que “jamais tiraria dinheiro dos pobres para dar aos paupérrimos”, mas reconheceu que algum membro da equipe econômica possa ter comentado sobre o programa. Além disso, falou que qualquer proposta que vir sobre o Renda Brasil receberá “cartão vermelho”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui