Três anos após o crime que matou a esposa, Hilário Frasson é demitido da Polícia Civil

Ex-investigador está preso desde novembro de 2017, acusado de ser o mandante do assassinato da médica Milena Gottardi

0
Hilário Frasson - Foto: Reprodução/Internet

Hilário Frasson, acusado de ser o mandante do assassinato da esposa, a médica Milena Gottardi, em 2017, foi exonerado do cargo de investigador da Polícia Civil nesta segunda-feira (14), a partir de decreto publicado pelo governador Renato Casagrande no Diário Oficial. Frasson foi demitido “a bem do serviço público”, quando o servidor não cumpre deveres e proibições de acordo com a legislação e também está impedido de exercer outro cargo ou função pelos próximos 10 anos.

O ex-investigador está preso desde novembro de 2017 na Penitenciária de Segurança Média 1, mas mesmo assim recebia o salário de quase de R$ 5,5 mil pelo cargo que tinha até a publicação da demissão.

O próximo passo para Frasson é responder em juri popular pela morte da médica, que completou três anos nesta segunda. Ele foi denunciado por homicídio qualificado, feminicídio e fraude processual.

Outras cinco pessoas envolvidas no crime também vão a juri popular, que ainda não tem data definida pela Justiça.

São elas: Esperidião Frasson, pai de Hilário, que ajudou no planejamento do assassinato; Valcir da Silva, que contratou o executor e indicou quem era a vítima; Hermenegildo Palauro Filho, também quem contratou o executor e estava no Hucam no momento do assassinato; Dionathas Alves Vieira, o executor do assassinato, sob orientação dos mandantes; Bruno Rodrigues Broetto, cunhado de Dionathas e quem forneceu a moto para ser utilizada no crime.

Com exceção de Bruno, que foi denunciado apenas pelo crime de feminicídio, todo o restante terão de responder pelos crimes de homicídio qualificado, feminicídio e fraude processual.

O crime

A médica Milena Gottardi deixava o Hucam e se encaminhava para o estacionamento, após concluir um plantão numa sexta-feira, e foi alvo de disparos de arma de fogo. Um deles acertou a cabeça de Milena, ela não resistiu aos ferimentos. Na época, o casal Milena e Hilário estava em processo de separação. Dois filhos ainda crianças perderam a mãe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui