Dia do Chocolate: o impacto para a economia e a qualidade de produção no ES

Pandemia do coronavírus tem impacto na produção brasileira, mas indústria se diz otimista

0
Foto: Reprodução

O Brasil continua como um dos principais produtores de chocolate para o mundo e exporta para cerca de 130 países. O impacto da pandemia do coronavírus foi reduzido. Neste ano, a produção chegou a 756 mil toneladas. Número menor que do ano passado, mas a indústria tem “otimismo de que a situação vai melhorar”, de acordo com o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab).

O Espírito Santo tem reconhecimento de qualidade na produção da matéria-prima do chocolate, o cacau. O colhido pelo produtor Emir de Macedo Gomes, em Linhares, foi em 2017 premiado como um dos melhores do mundo, na categoria de cacau de excelência.

Em 2019, o Estado tinha aproximadamente três mil produtores de cacau. Apenas Linhares chegou a produzir 12 toneladas da fruta.

O chocolate está também na memória dos capixabas pelas fábricas. A da Garoto faz parte da identidade do capixaba, como um local para se visitar e comer as guloseimas. Neste dia 7 de julho se comemora o Dia do Chocolate. Dia de se deliciar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui