Coronavírus: Governo apresenta resultados da segunda fase do Inquérito Sorológico no ES

A segunda fase constatou que no Espírito Santo, estatisticamente, 206.559 pessoas estão ou já contraíram a Covid-19

0
Foto: Reprodução

A segunda fase do “Inquérito Sorológico” – uma campanha de testagem da população capixaba para detecção de anticorpos do novo Coronavírus (Covid-19) aconteceu durante os dias 27,28,29 de maio. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (18) em coletiva à imprensa.

Após todo o trabalho, constatou-se que no Espírito Santo, estatisticamente, 206.559 pessoas estão ou já contraíram a Covid-19. O número é equivalente a 5,14% da população e registra 122.168 de contaminados a mais se comparado com a primeira fase, terminada no dia 18 do mesmo mês. Foram realizados 4.644 testes, com 239 pessoas sendo diagnosticadas com anticorpos, ou seja, estão ou estiveram com a doença.

O município da Serra teve um crescimento de quase três vezes maior do número de infectados em relação a primeira etapa, Vila Velha também teve um comportamento semelhante e Cariacica, com um crescimento duas vezes maior. Vitória foi a exceção, que teve um crescimento menor em relação ao período anterior.

Raça x cor 

Em relação a essa especificidade, o secretário Nésio Fernandes explicou que nessa segunda fase do Inquérito, 40% da população branca que fez parte da amostra teve somente 28% de positividade, enquanto a população de pardos e negros representou junta praticamente 70% dos casos positivos para a Covid-19.

Idade

A idade média, de acordo com a segunda fase do Inquérito Sorológico está entre 44,6 anos para pessoas que testaram positivo para a doença e 57 para quem testou negativo para a Covid-19.

Sintomas

Um padrão entre a primeira e segunda etapa que se manteve em boa parte da presença de sinais de sintomas dos pacientes, aonde a tosse esteve presente em 39% dos pacientes, a perda da capacidade de sentir cheiro e também o sabor dos alimentos ficou em 37%, e a fadiga em 31% dos pacientes, sendo os três primeiros colocados.

O número de casos assintomáticos também teve um aumento nessa segunda fase do Inquérito, com 33,9% de pessoas que testaram positivos para o novo coronavírus mas não tiveram nenhum sintoma da doença.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui