Trio suspeito de roubo e tentativa de latrocínio é preso em Guarapari

Os detidos roubaram um celular e um cordão e agrediram as vítimas, uma idosa e um filho que moravam na residência

0
Foto: Reprodução

Três homens suspeitos de cometerem um roubo e tentarem realizar um latrocínio em uma casa em Guarapari foram presos pela Polícia Civil nesta última sexta-feira (29). O crime ocorreu em 2018, no bairro Bela Vista. Os detidos roubaram um celular e um cordão e agrediram as vítimas, uma idosa e um filho que moravam na residência.

Dois dos suspeitos, um de 30 anos e outro de 31, foram detidos no bairro Portal Club. O terceiro, de 39 anos, foi encontrado no bairro Santa Mônica. Todos estavam nas residências onde moram. O delegado da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Guarapari, Guilherme Eugênio relembra o caso.

Na época, os três detidos encapuzados e armados, arrobaram a porta da casa na qual uma idosa morava com o filho com o intuito de roubar um cofre que havia no local. Durante as investigações, descobrimos que o crime contou com a participação de um quarto suspeito, o qual era amigo íntimo e funcionário de uma das vítimas. Foi ele quem informou aos executores do crime sobre a existência do cofre“, afirma.

Segundo o delegado, enquanto os suspeitos exigiam a abertura do cofre, eles entraram em luta corporal com as vítimas. Elas precisaram de socorro médico, após terem sido severamente agredidas.

Em meio à luta, um disparo de arma de fogo foi executado, mas a arma caiu no chão e, felizmente, não atingiu ninguém.  Logo após o disparo, os suspeitos fugiram levando o celular e o cordão metálico e deixando a arma para trás“, diz.

Nas investigações, os policiais descobriram que os autores queriam saber se, após o crime, as vítimas haviam acionado a polícia e se a arma deixada no local havia sido apreendida. Eugênio disse que eles pretendiam roubar a casa novamente para recuperar a arma, mas ao saberem que a polícia havia a apreendido, desistiram do segundo crime.

O cordão e o celular que haviam sido roubados foram recuperados após um mês quando um narcotraficante foi preso, em flagrante, pela Polícia.

Os suspeitos de 30 e 31 anos respondem por tentativa de latrocínio e o terceiro detido pelo crime de roubo. Eles foram encaminhados para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari, onde permanecem à disposição da Justiça.

Outras prisões

Submetralhadora apreendida – Foto: Divulgação/PCES

No bairro Bela Vista, policiais civis apreenderam uma submetralhadora de fabricação artesanal e três suspeitos foram detidos em flagrante, durante um cumprimento de um mandado de busca e apreensão.

A submetralhadora apreendida foi a terceira arma desse tipo apreendida pelas delegacias especializadas de Guarapari ao longo dos últimos 45 dias. Essa arma, por permitir a realização de disparos em “rajadas”, revela-se de extrema periculosidade. Crimes praticados com o emprego delas tendem a implicar na ocorrência de “erros na execução“, ressalta o delegado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui