Coronavírus: ES registra mais 17 casos até esta tarde; restrições podem ir até depois de agosto

Casagrande concedeu entrevista na manhã desta quarta-feira (1), junto com os governadores Eduardo Campos, do RS, e Mauro Mendes, do MT

6
Governador Renato Casagrande. Foto: Reprodução/Youtube

Em entrevista ao site UOL Notícias, o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, afirmou que até o meio-dia desta quarta-feira (1°) o Estado registrou 17 novos casos confirmados do novo coronavírus. O número já é um recorde em relação aos dias anteriores, de acordo com os últimos boletins emitidos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Agora, somados, são 113 casos registrados no ES.

Segundo Casagrande, medidas restritivas devem permanecer no Estado até pelo menos agosto deste ano. Para ele, tudo depende da disciplina da população de evitar aglomerações e contato com outras pessoas.

O que vai definir se uma atividade vai ficar fechada ou não, se vamos estabelecer limites mais restritivos ou não, vai depender muito da disciplina das pessoas para evitarem contato, evitem terem vetores transmissores. A gente pode deixar funcionar mais atividades. Mas se não compreenderem a necessidade de manter o distanciamento nós teremos mais dificuldades e até possa vir uma obrigação de um fechamento mais intenso“, afirma o governador entrevistado pelo jornalista e colunista Josias de Souza em uma live do YouTube com outros governadores do país.

Coronavírus: como prevenir

Até o momento não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

– Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;

– Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;

– Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

– Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

– Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

 

6 COMENTÁRIOS

  1. Realmente, fui no Carone ontem em Jardim Camburi estava lotado. As pessoas não estão respeitando a distância.
    O supermercado vai se tornar o grande foco de transmissão. Fiquei quase uma hora para uma compra pequena. Poucas pessoas com máscara

  2. Governador se vc não consegue controlar um estado o que dirá uma população enfurecida com suas atitudes hipócritas de isolar todos em casa e vc gastando o dinheiro público com propaganda sem licitação( coisa que e obrigatória no governo )
    Controle primeiro se cada pessoa tem comida em suas casas e depois fale de isolamento por que todos tem que viver e até onde sei o desespero e o pior problema ou o que vc acha que um pau de família vai fazer quando seu filho pedir comida e não tiver
    Acho que o que vc quer ver e rebeldes por aí saqueando pra sobreviver.
    Parecido com quando a PM entrou de greve

  3. Senhor governador e lamentável ver que sua população anda desamparado, pois o que adianta termos que enfrentar ônibus lotatos supermercado cheios e outras coisas acontecendo famílias com fome, contas vencendo e aí 600 reais paga sua sexta básica? Esse é o Brasil que vivemos de governadores egoístas pensando só no seu ego aff

  4. governador com todo respeito mais acho que voces estão cometendo um grande erro os onibus estão andando lotato a qestão dos onibus e uma questão seria que tem que ser resouvida

  5. É mesmo?
    Kd a fiscalização nos grandes supermercados, hoje, tentei ir ao OK em Cariacica, adivinhem!!!
    Lotado de gente, e aí???

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui