Perseguição a bandido na Serra acaba em acidente, confusão e viatura apedrejada; entenda

Moradores de Central Carapina se revoltaram após um motociclista ser atingido por uma viatura; PM informou que prestou atendimento imediato e mesmo assim foi alvo de agressões

0
Foto: Reprodução

Uma perseguição a um suspeito armado acabou em acidente envolvendo uma viatura da Polícia Militar e um motociclista na noite desse sábado (28), em Central Carapina, na Serra. Moradores se revoltaram com o ocorrido e iniciaram uma confusão no local.

De acordo com informações da PM, policiais militares foram abordados por um indivíduo na BR 101, dizendo que teria visto um motociclista apontando uma arma de fogo para outra pessoa na rodovia federal.

Imediatamente a equipe se deslocou na direção citada e ao chegar próximo a entrada do bairro Central Carapina foi visualizada uma moto que entrou em alta velocidade no bairro ao perceber a presença da viatura.

“Durante o acompanhamento pelo bairro Central Carapina, os militares visualizaram outra moto se deslocando na direção oposta, onde quase colidiu contra a moto suspeita. No intuito de evitar a colisão entra as duas motocicletas o condutor da segunda moto desviou e colidiu contra a viatura policial”, informou a PM por meio de nota.

A PM relatou que a equipe envolvida na perseguição cessou o acompanhamento ao suspeito e atendeu a vítima. O Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar o socorro do condutor.

Testemunhas relataram que a atuação dos militares foi imprudente e que, desta forma, moradores se revoltaram, resultando em uma confusão. Houve correria no momento em que a PM dispersava os populares. Um internauta filmou o momento em que bombas são lançadas e pessoas correm. Assista ao vídeo:

Vídeo: Internauta

O que disse a PM 

Diante do acidente várias pessoas foram ao local fazendo com que os militares orientassem que a vítima se mantivesse imóvel e aguardasse o apoio da ambulância. Segundo a PM, a população não aceitou as orientações dos militares

“Aglomeradas em torno da viatura lançaram garrafas e pedras contra os policiais, necessitando solicitar apoio as outras equipes via rede de rádio. Diversas pessoas também se aglomeraram em volta dos militares com pedras, pneus, garrafas, gasolina e outros objetos, o que ocasionou o uso de equipamentos não letais para dispersar as pessoa”, afirmou em nota.

Ainda de acordo com a corporação, uma viatura teve o vidro traseiro quebrado, além de aranhões na lataria. Ninguém chegou a ser detido.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui