Servidores e voluntários do Sul do Estado terão capacitação para atuação em manchas de óleo no litoral capixaba

De acordo com as últimas atualizações do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), há vestígios de óleo na praia de Costa do Atlântico, em Nova Viçosa, Bahia, há quatro dias

0
Praia vistoriada em Conceição da Barra por grupo de monitoramento - Foto: Gabinete de Crise/Conceição da Barra

Servidores e multiplicadores dos municípios costeiros do Sul do Estado receberão nesta sexta-feira (8) capacitação para a atuação na contenção das manchas de óleo que vêm do Nordeste brasileiro. O encontro acontece no auditório da Secretaria de Educação de Guarapari, às 9h. Funcionários e voluntários de Guarapari, Anchieta, Piúma, Itapemirim, Marataízes e Presidente Kennedy serão orientados por técnicos do Ibama, ICMBio e Iema.

De acordo com nota enviada pelo governo do Estado, serão alinhadas informações de várias áreas, como defesa civil, meio ambiente e serviços urbanos.

Serão compartilhados conhecimentos que vão desde os procedimentos para limpezas de praias, o uso de materiais e equipamentos de proteção individual (EPI), até os primeiros desenhos de operação para definir pontos de atuação das brigadas, em um eventual aparecimento do óleo nas praias capixabas.

Na capacitação, os envolvidos no trabalho poderão entender as peculiaridades das praias e a atuação em ambientes de difícil acesso. A nota explica também que serão mapeadas as dificuldades em praias mais isoladas ou de trânsito restrito.

Será dada ênfase aos manguezais por serem áreas extremamente sensíveis a este tipo de resíduo.

Manchas permanecem na Bahia

De acordo com as últimas atualizações do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), há vestígios de óleo na praia de Costa do Atlântico, em Nova Viçosa, Bahia. Há quatro dias as manchas estão retidas no local. Não ocorreu avanço às praias capixabas.

A Marinha encaminhou fuzileiros navais ao Espírito Santo para atuar no combate à iminente chegada das manchas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui