Suspeito de matar a mãe e deixar idosa acamada cuidada por ela morrer no ES é preso

Filho confessa crime com requintes de crueldade por rancor pela mãe, que o colocou para adoção na infância

0
Carmen Santos, morta pelo filho - Foto: Reprodução/Internet

Está preso o suspeito de matar a própria mãe, a cuidadora Carmem dos Santos, com requintes de crueldade no bairro Lago Azul, em Piúma. Após o crime ele fugiu e abandonou a idosa acamada Valdete Maria Cordeiro de Farias, que era auxiliada pela primeira vítima e morreu, possivelmente, de fome.

O crime aconteceu na última segunda-feira (4) e o corpo das vítimas foi encontrado somente após Ulisses de Almeida, 28 anos, confessar o crime. O suspeito compareceu à Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Cariacica, nesta quinta-feira (7).

Ele informou que havia matado a mãe biológica no município do Litoral Sul do Estado. De acordo com a Polícia Civil, imediatamente a equipe da unidade fez contato com Policiais Civis da Delegacia de Piúma, que realizaram buscas com o apoio da Polícia Militar.

A residência foi localizada segundo a descrição dada pelo suspeito, onde havia corpos do sexo feminino e forte odor logo na entrada.

Crueldade por rancor 

Durante depoimento oficial, Ulisses afirmou que um desses corpos era de sua mãe e que havia a assassinado por rancor, pois, quando pequeno, foi entregue por ela para adoção. A vítima teria sido morta após ser atingida com marteladas na cabeça, ter sido enforcada com um cinco e ainda ter o pescoço cortado.

A outra vítima era uma idosa acamada que dependia do amparo de Carmen, sua funcionária, e que veio a falecer dias depois por falta desses cuidados.

O delegado representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi concedida pela Justiça. Ulisses foi autuado por duplo homicídio duplamente qualificado e será encaminhado para o sistema prisional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui