Estado fecha cooperação com prefeitura de Braga e com universidade em Portugal

Assinatura de acordo promove uma troca de informações nas áreas de inovação, ciência e tecnologia

1
Assinatura do acordo na prefeitura de Braga - Foto: Divulgação

O governador do Estado, Renato Casagrande, junto com uma comitiva capixaba, cumpriu agenda no Norte de Portugal nesta segunda-feira (4). Foram assinados acordos de cooperação com a Universidade do Minho e a Associação Universidade-Empresa para o Desenvolvimento (TecMinho), em Guimarães, e com a prefeitura de Braga.

A equipe conta com o deputado federal, Ted Conti (PSB), o secretário de Estado do Governo, Tyago Hoffman e o diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), Denio Rebello, e a secretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Cristina Engel.

A agenda teve início pela manhã, na cidade de Guimarães. Na ocasião, foi assinado o acordo com a Universidade e com o TecMinho. O objetivo é promover o desenvolvimento científico, a inovação tecnológica e o empreendedorismo entre as partes envolvidas.

Assinatura do acordo na Universidade – Foto: Divulgação/Governo do Estado

Entre os resultados esperados pela cooperação estão o incentivo à mobilidade estudantil entre as instituições de ensino superior capixabas e a Universidade do Minho, por meio do fomento ao empreendedorismo e a criação de startups; o apoio a atividades conjuntas entre pesquisadores do Estado e a instituição de ensino portuguesa; bem como o apoio ao desenvolvimento de competências das três partes em áreas consideradas relevantes.

Depois estiveram na Prefeitura de Braga, onde foi assinado um protocolo com o objetivo de se estabelecer uma troca de experiências nas áreas do desenvolvimento científico, inovação tecnológica, empreendedorismo, cultura e turismo. A duração do acordo é de três anos, sendo possível uma renovação pelo mesmo período.

Acordo com a prefeitura de Braga 

O governador do Estado, Renato Casagrande, ao lado do presidente da Câmara Municipal de Braga (equivalente a prefeito no Brasil), Ricardo Rio, assinaram, na tarde desta segunda-feira (04), o acordo de cooperação com o município, situado na região Norte de Portugal.

O termo tem o objetivo de promover o intercâmbio entre a cidade e o Espírito Santo, por meio do desenvolvimento científico, inovação tecnológica, empreendedorismo, cultura e turismo.

A assinatura deste acordo enquadra-se na estratégia de internacionalização da cidade. “Nos últimos anos, Braga tem procurado projetar-se internacionalmente, dando a conhecer os enormes recursos da cidade, não apenas no plano social e econômico, com uma dinâmica intensa nos diversos setores de atividade, mas também em termos de políticas de juventude”, salienta.

O governador destacou que o Estado espera se tornar referência em inovação como é a cidade de Braga: “Queremos estreitar nossa relação com Braga e com essa região de Portugal […] E inovação está ligada ao turismo, à cultura e criatividade. E a cidade de Braga avançou muito nesses quesitos. Podemos usar muito o que Braga já avançou. A cidade está em sintonia com o que estamos fazendo em nosso Estado”, pondera.

Comitiva capixaba em Portugal – Foto: Divulgação

O governador Casagrande e a comitiva do Governo do Estado também visitaram duas empresas de inovação em Braga. A Startup Braga, referência em incubação de startups, e INL – Instituto de Nanotecnologia.

1 COMENTÁRIO

  1. Um intercâmbio junto a Portugal não só para educação será bem recebido nos meios sociais e cultural.Só sinto que nada é desenvolvido para pessoas da terceira idade pois no passado nada era feito com facilidade hoje a idade não nos permite se nem dinheiro temos em nossas mãos e sim nos cofres governamentais como é o caso das precatórias.Cursei História na UFES e o tempo passou eu não realizei meu sonho de visitar Portugal e sua História.

    Moema Pereira de Sales _Professora de História

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui